segunda-feira, 17 de abril de 2017

Hoje (17/04) | Christianne Coelho é a primeira mulher a assumir a Prefeitura de Sobral

Pela primeira vez na história uma mulher assumirá o cargo de chefe do Executivo Municipal, quando o prefeito Ivo Gomes transferirá, nesta segunda-feira (17/04), às 11h, na sede da Prefeitura de Sobral, o cargo para a vice-prefeita, Christianne Coelho.

Isso porque Ivo Gomes participará da reunião ministerial global sobre o Programa Água e Saneamento para Todos (SWA), que ocorrerá nos dias 19 e 20 de abril, na cidade de Washington, DC, nos Estados Unidos.

A reunião, a quinta realizada desde 2010, agrupará Ministros para discutir o que é necessário para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (SDGs) relacionados ao saneamento, água e higiene. Um dos focos mais importantes deste encontro será o financiamento para alcançar os objetivos, incluindo como os prestadores de serviço podem operar de forma mais eficaz, melhorar a governança, e como usar os financiamentos de forma mais eficiente de forma a obter mais recursos para o setor.

Conforme determina a legislação, a Câmara Municipal de Sobral já expediu decreto, no último dia 21 de março, autorizando que o prefeito se ausente do município, do Estado ou do País, até dezembro deste ano, reassumindo suas funções a qualquer momento.

quinta-feira, 13 de abril de 2017

CHRISTIANNE COELHO ENTRARÁ PARA HISTORIA DE NOSSA URBE COMO A PREMERIA PREFEITA MULHER DA CIDADE DE SOBRAL.

O prefeito Ivo Gomes (PDT), nesta segunda feira(17)  passará as chaves de Sobral para a vice prefeita Christianne Coelho(PT).


O prefeito Ivo Gomes transfere, nesta segunda-feira (17/04), às 11h, na sede da Prefeitura de Sobral, o cargo de chefe do Executivo Municipal para a vice-prefeita, Christianne Coelho.
Isso porque Ivo Gomes participará da reunião ministerial global sobre o Programa Água e Saneamento para Todos (SWA), que ocorrerá nos dias 19 e 20 de abril, na cidade de Washington, DC, nos Estados Unidos.
A reunião, a quinta realizada desde 2010, agrupará Ministros para discutir o que é necessário para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (SDGs) relacionados ao saneamento, água e higiene. Um dos focos mais importantes deste encontro será o financiamento para alcançar os objetivos, incluindo como os prestadores de serviço podem operar de forma mais eficaz, melhorar a governança, e como usar os financiamentos de forma mais eficiente de forma a obter mais recursos para o setor.


quarta-feira, 5 de abril de 2017

NOTA DE PÊSAMES


É com muita tristeza que soubemos do falecimento do companheiro Miguel Silva, ficamos sem chão e sem acreditar na notícia, estamos tristes e inconformados com sua partida.
Miguel, era um lutador exemplar na defesa da democracia e de uma sociedade mais justa e igualitária, ele foi um dos mais entusiastas na construção do núcleo da Frente Brasil Popular em Sobral e também na criação do Bloco "Magoando O Golpe". Sua criatividade, inteligência e compromisso social são inigualáveis e inesquecíveis.
Hoje perdemos um amigo, perdemos um comunista autêntico, perdemos um excelente e dedicado professor, nosso povo perdeu um grande combatente, o PC do B perdeu um grandioso dirigente. Não há palavras para descrever nossos sentimentos nesse momento de triste surpresa.
Todos/as que compomos a Frente Brasil Popular e nós que fazemos o Sindicato dos Comerciários de Sobral se solidariza com os amigos, familiares e com o PC do B.
Lembraremos todos os dias do exemplo encorajado e alegre do nosso camarada Miguel.
Aos nossos mortos, nem um minuto de silêncio, mas toda uma vida de luta.
Miguel Silva! Presente! Presente ! Presente !

04 de Abril de 2017.
Frente Brasil Popular

terça-feira, 4 de abril de 2017

Centrais Sindicais convocam greve geral pro dia 28 de abril

No dia 27 de março, representantes das centrais sindicais estiveram reunidos para avaliar a votação da terceirização pela Câmara dos Deputados e o andamento das reformas trabalhistas e previdenciárias.
Veja a nota publicada pelas Centrais:
NOTA A IMPRENSA
Reunidos na tarde desta segunda-feira (27), na sede nacional da União Geral dos Trabalhadores (UGT), em São Paulo, os presidentes das centrais sindicais, dirigentes sindicais analisaram a grave situação política, social e econômica que o país atravessa e decidiram que:
Dia 28 de abril  - Vamos parar o Brasil!
As centrais sindicais conclamam seus sindicatos filiados para, no dia 28, convocar os trabalhadores a paralisarem suas atividades, como alerta ao governo de que a sociedade e a classe trabalhadora não aceitarão as propostas de reformas da Previdência, Trabalhista e o projeto de Terceirização aprovado pela Câmara, que o governo Temer quer impor ao País.
Em nossa opinião, trata-se do desmonte da Previdência Pública e da retirada dos direitos trabalhistas garantidos pela CLT.
Por isso, conclamamos todos, neste dia, a demonstrarem o seu descontentamento, ajudando a paralisar o Brasil.